Blog

Blockchain terá impacto profundo na Logística

 

Em estreita colaboração com a consultora tecnológica Accenture, a DHL lançou um relatório de tendências relativo ao potencial da tecnologia Blockchain para transformar o setor de logística.

Para as duas empresas, as virtudes desta nova tecnologia estão direcionadas para a resolução dos complexos problemas inerentes ao funcionamento das modernas cadeias de abastecimento, feitas de densas teias de interdependências.

Segundo revelou a DHL, através de um comunicado, o relatório inclui descobertas iniciais sobre um protótipo de trabalho – desenvolvido pela DHL e Accenture – que rastreia os produtos farmacêuticos desde o ponto de origem ao consumidor, evitando adulterações e erros. “As experiências com o Blockchain na área das finanças são bem conhecidos, mas acreditamos que a logística é uma área onde a nova tecnologia terá um impacto realmente profundo”, comentou Matthias Heutger, vice-presidente da área de Soluções para Clientes e Inovação da DHL.

“Quanto ao Blockchain, vislumbramos um especialmente excitante na área dos produtos farmacêuticos, e é por isso que concentramos nossa prova de conceito com a Accenture no setor das ciências da vida e da saúde”, explicou Keith Turner, Director de Desenvolvimento de CIO, DHL Supply Chain. “Ao utilizar a irrefutabilidade inerente nas tecnologias Blockchain, podemos dar grandes passos para destacar a adulteração, reduzindo o risco de contra-facções e salvando vidas”, acrescentou.

“Temos trabalhado em estreita colaboração com a DHL para entender e documentar o impacto geral do Blockchain nas cadeias de abastecimento do futuro”, comentou Andreas Baier, líder da Accenture para a indústria de viagens e transporte e líder da equipa de clientes DHL. “Usando um livro-razão comum, seguro e indelével, a indústria pode atingir padrões de segurança muito maiores – da fábrica ao paciente – a um custo muito menor. Esta é uma das várias oportunidades que o Blockchain oferece para reestruturar os processos de negócios, reduzindo custos e complexidade”, completou.

 

Fonte: IMAM

 

Imagem: Bigstock by LuckyStep48

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *